Página Inicial / Crônicas Espíritas / Em se falando de unificação
Em se falando de unificação PDF Imprimir E-mail
Escrito por Jayme Lobato   
Seg, 14 de Fevereiro de 2011 15:15

Argemiro e Otacílio, amigos antigos e espíritas convictos, encontraram-se num evento mensal de as-sistência a crianças carentes. Argemiro inicia a conversa:

- Olá, companheiro! Como vão as coisas?

- Graças a Deus vão bem, Argemiro. E você?! ... Está satisfeito com a divulgação que se tem feito da Doutrina Espírita?

- O que me preocupa, caro Otacílio, é saber se realmente as casas espíritas estão preparadas para receber um público novo, com argüições e argumentações concretas e cabíveis.

- Se a tão propalada unificação do movimento espírita funcionasse de verdade, com base na verdadeira solidariedade e em torno da Doutrina Espírita, não haveria muito o que se preocupar. Como afirmou Kardec uma vara tem uma resistência, um feixe de varas resiste muito mais.

É o antigo ditado popular: a união faz a força. Mas, Otacílio, no meu entender, a unificação verdade-ra, concreta, não interessa às lideranças espíritas.

- O que é isto, Argemiro!!!... Não são todos espíritas e com interesse no fortalecimento do movimento?

- Na atualidade, infelizmente, o que se vê é um interesse muito grande em torno de pessoas, onde a solidariedade aglutinadora do movimento está desaparecendo.

- Pensando bem, percebo onde você quer chegar. As lideranças espíritas atuais, pelo que assistimos, não estão em condições de ceder espaço em seus domínios, no movimento.

- Isso, Otacílio, não é fruto de conclusão apressada, não! É uma realidade no movimento. Otacílio examinando mentalmente os últimos acontecimentos no meio espírita, fica pensativo, por instantes, e olhando para as crianças carentes que estão sendo assistidas na instituição, volta a conversa com Argemiro.

- Olha só, Argemiro, essas nossas crianças! Estamos fazendo o que nos é possível, mas a situação está difícil. Os recursos escassos!

- Você tem razão, amigo! Há instituições espíritas de assistência à criança, aqui no Rio de Janeiro, que estão passando por duras provas, a exemplo deste grupo em que trabalhamos.

- No meu entendimento, Argemiro, o nosso movimento está vivendo muito de aparências...

- O elitismo cultural está dominante...Veja bem, Otacílio, que não estou falando de esclarecimento e progresso. Estou me referindo à for-mação de grupos de cultura paralela, em torno de líderes, que ditam normas e conceitos, alguns até mesmo em desacordos com princípios básicos constantes nas obras de Kardec.

Otacílio, que sempre está a busca de unir e congregar os espíritas, reflete sobre as novas ponderações de Argemiro, e, tomado de novo ânimo, revigora a conversa.

- Mas temos que fazer alguma coisa, meu caro! Tenho uma idéia! Pode ser o primeiro passo!

- Fale, então, Otacílio!

- Podemos procurar alguns companheiros fiéis à Doutrina e com responsabilidade no movimento espírita, propondo-lhes a realização de um evento, em local espaçoso, tipo Maracanãzinho. Congregariam ali as instituições espíritas, cada qual com sua barraquinha. E muito importante: o resultado auferido, tiradas as despesas fixas do controle administrativo do evento, seria dividido entre as instituições participantes.

- Idéia interessante, Otacílio!

- Seriam convidados também os escritores, os poetas, os jornalistas. Todos espíritas unidos, participando de um evento ímpar no Rio de Janeiro. Seria a Feira da Solidariedade!

- Só estaria faltando, Argemiro, um médium de expressão nacional para puxar o evento.

- Nada disso, Otacílio! Aí é que a coisa pega! Se você pretende um evento para unificar, acho interessante que não haja uma só estrela. Todos os trabalhadores espíritas, no fundo, são estrelas no céu de Deus, a formar uma grande constelação, sob a égide de Jesus. Todos!

- Você está certo, caro Argemiro! O importante é o evento girar em torno de idéias, que representem o interesse e a vontade de todos aqueles que trabalharem para sua realização.

- Isso mesmo! Trabalhemos para sua realização!

Boletim Março/2002

 

Reflexões Espiritistas

 
 

Pesquisar no Site

Educação Espírita

Educação Espírita Para a Família

CONHEÇA O NOSSO TRABALHO

SEMEANDO IDÉIAS

 
Leia aqui 
 
 

Movimento Espírita

 

Grupo Espírita Redenção - Andaraí - Rio de Janeiro, Powered by Joomla!