Página Inicial / Crônicas Espíritas / Emancipação da Alma
Emancipação da Alma PDF Imprimir E-mail
Escrito por Jayme Lobato   
Seg, 14 de Fevereiro de 2011 15:14

 

Lúcia e Jorge, casal harmonizado nos princípios da Doutrina Espírita, vinham passando algumas dificuldades com seu filho mais novo. Os três conversavam:

- Edgard, você tem dado respostas muito rudes a mim e a sua mãe! O que está acontecendo com você, meu filho?

- Não está acontecendo nada, papai! - responde Edgard irritado.

Lúcia, preocupada, intervém:

- Algo não está bem, Edgard! Você vem assumindo uma atitude agressiva comigo, com seu pai e com seus irmãos!

- Vocês estão impressionados. Não está acontecendo nada!

- Você quase não conversa conosco e quando o faz é de modo grosseiro!

- Sua mãe está certa, filho! Conversemos um pouco!

Edgard, apressado, responde rispidamente:

- Tô fora! Tô fora!

E Edgard foi saindo.

Edgard está muito mudado, Lúcia - observa Jorge.

Em hora apropriada, Evinha, a filha mais nova do casal, procura a mãe.

- Mãe, gostaria de lhe falar sobre o Edgard.

- O que é, minha filha?

- É que eu o vi em más companhias!

- Estava prevendo algo desse gênero! Quem são?

- São pessoas desocupadas, envolvidas com drogas!

Então, Lúcia procura Jorge e o coloca a par do que lhe dissera Evinha.

- Meu querido, o que faremos? - pergunta Lúcia, aflita.

- Tentemos, inicialmente, fazer com que ele freqüente as sessões públicas da Casa Espírita. Além de ouvir orientações importantes, será beneficiado pelo passe e pela água magnetizada.

- Isto não basta! Sinto-me aflita com essa situação, Jorge!

- Eu também, querida. Só que não podemos nos desesperar! É hora de colocarmos à prova a solidez de nossas convicções espíritas. Falemos primeiro com o Edgard.

A conversa não mudara as disposições de Edgard. Ele se mostrara reticente e não aceitara a sugestão de ir ao Centro.

O casal, então, busca o serviço de atendimento fraterno. É recebido pelo Otávio:

- Olá, meus amigos! O que os preocupa?

- Nosso filho Edgard! - fala prontamente Jorge.

Otávio fica, assim, a par do que ocorre com Edgard e, depois de longa conversa com o casal, então, sugere:

- Meus bons amigos, busquem se chegar novamente ao coração do Edgard! Mostrem, por palavras e atos, que vocês o amam.

Otávio eleva seu pensamento em busca de sintonia com os Benfeitores Espirituais e ainda fala:

- Colocarei o nome dele na reunião de desobsessão! Vocês ainda não têm certeza de que ele está envolvido com o tóxico, não é mesmo?

- Não, não temos! Eu e Lúcia estamos muito atentos! Mas a única coisa concreta é que seu comportamento está muito mudado.

E Lúcia acrescenta:

- E que ele está andando em más companhias!

- Julgo necessária - sugere Otávio - a ajuda de um profissional habilitado, no caso, um psicólogo. Ele até lhes instruiria sobre a melhor forma de agir, nesse momento.

- Já tinha pensado nisso! Acho um bom caminho! - assegura Lúcia.

- Se já houvessem comprovado seu envolvimento com as drogas, poderiam se valer também de organizações como a NAR-ANON, cujo telefone, anota aí Jorge, é 516-0057, DDD 21.

Ao que Lúcia acresce:

- Estive pesquisando e soube que o Centro Espírita León Denis, em Bento Ribeiro, e o Irmãos Samaritanos, na Sulacap, também dispõem de eficiente trabalho de ajuda a usuários de drogas e às suas famílias.

- Essas indicações serão úteis se confirmada a sus-peita de que ele está usando droga!? - argumenta Jorge.

Otávio concorda:

- Isso mesmo! Porém, meus companheiros, no capítulo XXV - item 284 e subitem 54, de O Livro dos Médiuns, Kardec trata de um assunto que pode ajudar o Edgard.

Lúcia apressa-se a saber:

- O que é, Otávio?

- Kardec pergunta se poderíamos modificar as idéias de uma pessoa em estado de vigília, agindo sobre o seu Espírito durante o sono. O Espírito respondeu: sim, às vezes.Não estando o Espírito, no sono, ligado tão estreitamente à matéria , torna-se mais acessível às sugestões morais e estas podem influir sobre a sua maneira de ver no estado ordinário.

Lúcia, surpresa, afirma:

- Não sabia que isso constava da obra de Kardec! Já ouvi companheiros ilustres, alguns da área da psicologia, aconselharem conversar com o Espírito de quem estiver dormindo, com o objetivo de ajudá-lo! Porém, não tinha conhecimento de que isto constava da obra do codificador.

- Isso prova que realmente desconhecemos as obras básicas espíritas. E, outra coisa, que elas são atualíssimas - assevera Jorge.

- Porei em prática essa medida, Otávio! - decide Lúcia.

Despedem-se de Otávio. E Lúcia cumpre o prometido. Toda noite, à beira da cama de Edgard, quando ele já havia seguramente adormecido, ela passou a sugerir-lhe:

- Meu filho querido! Eu, seu pai e seus irmãos o ama-mos muito. Você tem valores latentes, que precisam desabrochar do seu coração! Ame-se, como nós o amamos, e perceberá como é bom a gente gostar da gente mesmo, se auto-estimar, filho.

Certamente amparada por seus protetores, a quem pedia ajuda, em prece, Lúcia, toda noite, ali estava aju-dando Edgard a buscar dentro de si mesmo os valores que o Pai lhe confiara como herança. Passadas algumas semanas...

- Lúcia, o Edgard veio me pedir para levá-lo ao Centro! Que surpresa boa, não?

- Muito boa, Jorge! Iremos os três!

- Desta vez, querida, ele se abriu comigo! Pediu que o ajudemos! Está disposto a mudar o quadro atual!

Edgard também aceita a sugestão do pai de ser assis-tido por um psicólogo. Passado um mês, num domingo ensolarado, Edgard acorda e pergunta:

- Mãe, vocês vão à praia hoje?

- Essa é nossa intenção, filho!

- Pois, contem comigo! Irei com vocês para revivermos os velhos tempos da família unida!

Lúcia comunica Jorge sobre o desejo de Edgard de ir à praia com a família. O casal não sabia se ria ou se chora-va de tanta alegria! Afinal, começavam aparecer os indí-cios da transformação do filho tão amado, que buscava caminhos de recuperação.

Boletim de Junho/2002

Última atualização em Qui, 12 de Maio de 2011 15:10
 

Reflexões Espiritistas

 
 

Pesquisar no Site

Educação Espírita

Educação Espírita Para a Família

CONHEÇA O NOSSO TRABALHO

SEMEANDO IDÉIAS

 
Leia aqui 
 
 

Movimento Espírita

 

Grupo Espírita Redenção - Andaraí - Rio de Janeiro, Powered by Joomla!